Voltar para home
"Um projeto onde médicos, fonoaudiólogos, professores, pessoas com dificuldade auditiva e familiares possam trocar informações sobre saúde auditiva."
EMAIL: contato@amigosdaaudicao.com.br
Fonoaudióloga Responde
fale com a fono
Coluna - Lak Lobato

Daquelas coisas que só um implantado (ou pais de implantados) sabe o que é:

21/10/2015

• Decidir fazer uma cirurgia que vai encher sua orelha interna de eletrodos e se perguntar: “Será que incomoda?”, mesmo se dando conta que nunca na vida você sentiu a sua cóclea.

• Morrer de ansiedade antes dos exames, até marcar a data, até a sala de operações, até a ativação, até o primeiro mapa legal, até conquistar os sons que você sabe que merece ouvir.

• Ouvir os já implantados dizerem: “Calma, que ansiedade não combina com IC!”

• Ouvir do médico, da fono e do psicólogo tudo o que você não quer saber sobre cirurgia, audição, custos, mesmo sabendo que precisa e ficar se perguntando se precisava mesmo (e depois descobrir que precisava sim!).

• Sair da sala de cirurgia com um turbante amarrado na orelha, sem estar com a data da ativação agendada ainda, e receber um SMS da prima-da-tia-avó-da-sua-cunhada pra saber se você já consegue ligar pra ela.

• Contar no calendário quantos dias falta para a ativação, enquanto você fica desconfiado que já está ouvindo alguma coisa. E depois descobrir que era maluquice sua.

• Ficar sem dormir de ansiedade, na véspera da ativação, imaginando tudo o que você pode conseguir ouvir, a partir daquele momento.

• Sentir ansiedade, medo, felicidade, pavor, entusiasmo, alegria, tudo junto e mais um pouco, durante a ativação, até o aparelho ser ligado.

• Achar que está ouvindo com o cérebro e não com o ouvido, quando finalmente ligam o aparelho.

• Se divertir com barulhinhos que a maioria dos ouvintes ignora completamente: folhas sendo pisoteadas, garrafas sendo abertas, pão de queijo sendo pesado, etc.

• Ter um instante de desespero, quando a pilha acaba num momento inadequado e você está sem bateria extra ou não consegue trocar naquela hora.

• Explicar quinhentas-e-cinquenta-e-cinco-mil-vezes que você não capta rádio da polícia, nem rádio pirata, nem atrai raio, nem dá choque.

• Ter que esclarecer que as milhares de lendas espalhadas sobre o IC são, na maioria esmagadora de vezes, completamente infundadas e até absurdas.

• Conversar com centenas de candidatos ao IC, que fazem sempre as mesmas perguntas, até perder a paciência e aí, lembrar que você já teve todas essas dúvidas e achar a paciência de novo.

• Chorar de emoção quando um amigo conta que fará a cirurgia, que fez a cirurgia, que vai ativar, que ativou, que ouviu o barulho dos passarinhos, etc…

• Achar que não tá com disposição para falar sobre esse assunto hoje e se deparar com uma mãe desesperada que o filho acabou de receber indicação pro IC e achar magicamente uma disposição para acalmá-la.

• Dizer pros amigos ansiosos pré-IC que ansiedade não combina com IC, se sentindo a pessoa mais hipócrita do mundo, porque você ficou tão ansioso quanto ele quando era com você.

• Saber que ouvir, pra você, é uma escolha e uma conquista. E se deliciar com o mundo sonoro, até mais que os ouvintes biológicos, justamente, porque foi você que escolheu viver tudo isso!


1 COMENTÁRIO

luiz carlos ferreira plaster

eu fiz um implante coclear na UNICAMP faz 4 meses o resultado me surpreende a cada dia e posso dizer que tudo que foi dito aí em cima está super certo...também passei por duvidas, anciedade e mil duvidas... mas hoje depois desses 4 meses sei que ainda posso ir longe ah e tenho 54 anos e nunca havia usado um aparelho auditivo...

LAK LOBATO:
Luiz Carlos, todos nós passamos por essas coisas. Claro que cada um com suas particularidades, mas é engraçado perceber como as experiências são parecidas. A jornada de (re)encontro ao som pelo implante coclear é um caminho único, que só quem passa por isso vive cada emoção, boa e ruim, que a gente vive. Por isso, vale muito a pena compartilhar com quem está começando a trilhar esse caminho. Boas descobertas para você e divirta-se com seu implante! Beijinhos sonoros


MANDE O SEU COMENTÁRIO




*Todos os campos são obrigatórios