Voltar para home
"Um projeto onde médicos, fonoaudiólogos, professores, pessoas com dificuldade auditiva e familiares possam trocar informações sobre saúde auditiva."
EMAIL: contato@amigosdaaudicao.com.br
Fonoaudióloga Responde
fale com a fono
Coluna - Harry Thomas

Sobre Perdas e Danos

23/06/2016

O pesadelo veio naquela noite mal dormida. Toquei 'no' aparelho e disse: "Olha operei e é maravilhoso o negócio". Toquei, novamente. Cadê meu Implante Coclear?  Era esse o pesadelo.  Era esse o medo. Era esse o temor. Perder o aparelho. 

O pesadelo veio naquela noite mal dormida. Sensação de impotência. O que adianta ter 50% do valor da cirurgia implantado no corpo humano, se sem os outros 50%, com o dito processador, 'de nada vale', como cantou Roberto: "De que vale o céu azul", e de quebra ainda fui pro "inferno" naquele pesadelo. 

Acordei, o pesadelo daquela noite mal dormida, era somente um pesadelo que me levou a pensar sobre como persuadir o ato de perder um Implante Coclear. Daí como consequência veio um protocolo de segurança.

Alguns itens são: Fale consigo mesmo para ver se você está se escutando. Sempre que entrar e ou sair de um recinto (casa para o trabalho, para o carro ou metrô, na balada, restaurantes, etc) certifique-se que o aparelho esteja consigo. Se acabar a bateria e você estiver em trânsito, tire o aparelho e o guarde. Para guardar a melhor opção é uma bolsa específica para a guarda do IC com fecho de zíper (atentar para que o forro não esteja furado), sendo que o cuidado adicional, é ter nesta bolsa um cartão ou cartinha com seus dados e informando que aquilo é um IC que só você utiliza. "Favor Devolver Gratifica-se Bem".

Outro ponto: além da distração que causa perda, pode acontecer do aparelho agir como um 'Cyborg' e possa querer se desvincular de você. Isso acontece se o campo magnético externo for maior que o interno. O aparelho pode ficar na barra do banco do ônibus (na parte de metal), sair atraído por geladeiras de refrigeração de supermercados, entre outros campos imantado.

Infelizmente às Companhias de Seguro não despertaram ainda para nossa necessidade de segurar um bem tão precioso, e segundo consta, não há apólice no mercado que cubra perdas e danos do IC.

Mas lembre-se sempre: seu processador vale um carro 0k.

Todo cuidado é pouco...


0 COMENTÁRIO

MANDE O SEU COMENTÁRIO




*Todos os campos são obrigatórios