Voltar para home
"Um projeto onde médicos, fonoaudiólogos, professores, pessoas com dificuldade auditiva e familiares possam trocar informações sobre saúde auditiva."
EMAIL: contato@amigosdaaudicao.com.br
Fonoaudióloga Responde
fale com a fono
Coluna - Harry Thomas

Prazer, Harry

05/05/2016

Meu nome é Harry Thomas Jr.  e escutava tanto passarinhos como aviões. Foi em um mergulho em um dia de carnaval na minha mais pura adolescência que a surdez veio fazer parte da minha vida. Meu barato era escutar música negra e depois o rock & roll tornou-se paixão.

Foi um mergulho normal. Tiro a cabeça d´água e percebo que entrou água no ouvido, igual aquelas situações quando atravessamos ondas. Horas depois no sono noturno o ouvido começa a purgar. E que dor! Mamãe me levou no médico no dia seguinte. O otorrino constatou: "Furou o tímpano!".  Uma infeção depois devido a uma "virose", e pronto, eu engrossaria a fileira dos surdos oralizados bilaterais aos 15 anos de idade.

A audição em si foi se perdendo aos poucos, até porque lembro de nos anos 90, escutar as aulas na  Faculdade e Pós-Gradução sem aparelho auditivo. 

Essa realidade, no entanto, mudou bastante no início deste milênio. A audição que não era normal mas dava para escutar música foi se perdendo, perdendo, a ponto de só escutar as batidas das músicas que antes ouvia em detalhes.

Em novembro de 2015 aos 50  anos de idade fiz a cirurgia de Implante Coclear e posso garantir que está cada vez mais difícil ficar longe do meu Rondo.

E neste espaço, semanalmente, vou contar um pouco do dia a dia de um Implantado Coclear.


0 COMENTÁRIO

MANDE O SEU COMENTÁRIO




*Todos os campos são obrigatórios