Voltar para home
"Um projeto onde médicos, fonoaudiólogos, professores, pessoas com dificuldade auditiva e familiares possam trocar informações sobre saúde auditiva."
EMAIL: contato@amigosdaaudicao.com.br
Fonoaudióloga Responde
fale com a fono
Coluna - Diéfani Piovezan

Através do Implante Coclear

01/12/2015

audição

A curiosidade sobre o implante coclear não é exclusividade dos deficientes auditivos, existe uma quantidade incalculável de ouvintes que se interessam pelo assunto e sequer tem alguma relação com usuários dessa tecnologia.

Como eu disse anteriormente, eu faço faculdade de Ciência da Computação e fui a primeira implantada a entrar na faculdade e no curso. Só para deixar claro, tenho um amigo que também é formado lá no mesmo curso e é usuário de IC mas ele fez depois que acabou a faculdade ou seja, não deu tempo dos professores se familiarizarem.

Quando entrei, fui logo de cara avisando sobre a deficiência auditiva e IC, meus professores, que em sua maioria também são pesquisadores e empreendedores adoraram descobrir a tecnologia e até hoje me fazem muitas perguntas. Meu coordenador é geralmente o mais interessado, ele fica simplesmente encantado com a tecnologia.

"O que é esse aparelhinho no seu ouvido?", "como funciona?", "como você ouve?" são as perguntas mais frequentes e a última é a que mais gera curiosidade após respondida, especialmente porque minha resposta é "ouço normal".

Primeiramente, o implante coclear é um dispositivo que ajuda a criar o sentido da audição em pessoas com surdez severa ou profunda, funcionando de forma contrária ao aparelho auditivo que apenas amplifica os sons. Ele consiste de uma parte externa que fica atrás da orelha e uma parte interna que contém eletrodos que são colocados na cóclea e um transmissor que fica embaixo do couro cabeludo. A parte interna é colocada cirurgicamente.

Para entender como ele funciona, é preciso saber que ele é composto das seguintes partes:

·         Um microfone que capta o som do ambiente.

·         Um Processador de fala, que seleciona e arranja os sons captados pelo microfone.

·         Um transmissor e receptor/estimulador, que recebe os sinais do processador de fala e converte para impulsos elétricos.

·         Um array de eletrodos, que é um “grupo de eletrodos” que coleta os impulsos do estimulador e envia para diferentes regiões do nervo auditivo.

funcionamento implante coclear

 

Então como ele funciona? Como eu disse, ele é muito diferente dos aparelhos auditivos, que apenas amplificam os sons para que sejam ouvidos. O implante coclear se desvia das porções danificadas dos ouvidos e estimula diretamente o nervo auditivo.

Os sinais gerados pelo implante são enviados diretamente do nervo auditivo para o cérebro, que reconhece esses sinais como sons. Ouvir através do implante coclear é diferente de ouvir com a audição normal, que passa pelo ouvido externo, médio e interno. Por isso, leva tempo para aprender ou reaprender a ouvir.

É consenso universal que o implante não é a cura para a surdez e que ele não restaura a audição normal, até porque como eu já expliquei, o IC pula várias etapas da audição normal. Na comunidade de profissionais que trabalham com o implante coclear, também existe o consenso de que o IC proporciona uma representação dos sons do ambiente, ajudando o implantado a entender tais sons.

Quando se trata de "como é ouvir através do implante coclear" eu discordo enormemente da comunidade profissional. Em primeiro lugar, eu fiquei surda na adolescência e tinha excelente memória auditiva, precisei reaprender a ouvir os sons e nada do que reaprendi me pareceu diferente do que eu já ouvia antes. Além disso, conheci novas pessoas, novas vozes e se o IC ajudasse a criar apenas uma representação do som de forma que o usuário ouça eu acredito que eu ouviria por exemplo, as vozes da minha família e amigos, de forma diferente do que eu ouvia antes de perder audição.

Os profissionais podem usar um fone de ouvido especial para ouvir os sons captados pelo microfone e ver se está tudo funcionando corretamente mas essa forma de ouvir usada por eles é como se estivessem pegando um fone e plugando em um MP3 player. Eles não tem a parte interna, portanto não sabem como é de fato o som ouvido pelo implantado.

Outra razão pela qual discordo é que pelo que eu saiba, ninguém com audição normal e saudável se submeteu ao implante coclear só para saber se funcionava bem, como funcionava, como era a qualidade do som, se era diferente ou igual ao da audição normal. Enquanto a audição normal passa por vários caminhos, o IC toma um atalho e é só isso. 

Ai podem me perguntar "se é assim, porque ele não é a cura para a surdez?". Pelo simples fato de que ao retirar os processadores de fala, o usuário não ouve nada. Ele seria a cura para a surdez se restaurasse a audição normal. Existe cura para dores de garganta, porque você toma o remédio e ela vai embora mas o IC é apenas um dispositivo que estimula a cóclea para a pessoa ouvir, tire ele e pronto, a pessoa é surda.

Também podem argumentar que se não fosse apenas uma representação, todos os usuários teriam excelentes resultados. Isso é até meio absurdo de se pensar, porque mesmo para a audição normal, cada pessoa ouve de um jeito, pois o cérebro de cada um funciona de forma diferente e com o IC não seria diferente, dessa forma, os resultados são diferentes para cada um.

Eu afirmo quantas vezes for necessário, que eu ouço exatamente como ouvia antes de perder a audição. Como licenciada em Psicologia, estudante de Ciência da Computação e usuária de implante coclear, já pensei e repensei diversas vezes nesse assunto e acredito que não ouço representações mas sim o som como ele é, meu cérebro apenas precisou reaprender a ouvir por um caminho diferente do que estava habituado. Tomar um atalho não quer dizer que o destino final é diferente.  

Ainda podem tentar refutar meus argumentos dizendo que o som no início é metálico. Como eu disse, seu cérebro precisa aprender ou reaprender a ouvir por um caminho que não é o biologicamente certo, então no começo tudo é diferente até que ele se adapte. E o nosso cérebro, caros leitores, posso afirmar com toda a certeza do mundo, é a coisa mais fascinante existente, não subestimem o que ele pode fazer.

Espero que tenham gostado da leitura e que tenham entendido como essa maravilhosa tecnologia funciona. Qualquer dúvida, podem deixar um comentário que responderei com muito prazer.

 

Beijos a todos. 


7 COMENTÁRIOS

Eva Navegantes

Oi querida! Muito prazer! Sou estudante de mestrado em educação na UFRJ. Minha pesquisa, intitulada: perceber, pensar e falar, trata-se justamente do IC. Porém, minha preocupação é com as crianças surdas de nascença, onde o IC responde diferente. Muito bom você escrever a esse respeito porque traz uma informação que só tem quem usa! Muito bom seu texto! Acredito, que no seu caso, a memória auditiva faz toda a diferença. Você deixou de ouvir, mas seu cérebro guardou as informações, por iss, talvez, você conseguiu melhores resultados. Escreva mais e sempre! Existem pouquíssimos estudos na área e o IC é uma realidade cada vez mais crescente em nosso país! Caso queira trocar experiência será bem vinda! Grande abraço! Eva.

DIÉFANI PIOVEZAN:
Eva, com certeza a memória auditiva ajudou muito mas o cérebro tem uma elasticidade e capacidade imensa de aprendizagem, então crianças que nasceram surdas e fazem o IC, geralmente demoram mais para falar mas a compreensão não demora muito.


Jose Henrique da Silva Pereura

Diéfani, Não sou usuário de ic, mas sou encantado com essa tecnologia. Eu ajudei uma amiga a conseguir o ic. Para isso tive que pesquisar bastante. Hoje continuo pesquisando para ajudá-la e porque gosto da tecnologia. Minha amiga diz que sou seu assessor porque ea é apenas usuário do ic mas, não entende nada disso. Sou eu quem entro em contato com a manutenção com os médicos.

DIÉFANI PIOVEZAN:
José Henrique, é bom termos pessoas como você na vida da gente. Eu só descobri o IC quando comecei a ter contato com outros surdos que usavam porque meus amigos e família desconheciam. E mesmo depois das cirurgias, família e amigos aprenderam tudo que puderam e sempre me ajudaram muito


Louise Anne Menezes

Diéfani: Antes de mais nada parabéns pelo seu texto. Gostaria de tirar uma dúvida com você: Tive meningite com 9 meses de idade e isso me deixou com uma surdez total no ouvido esquerdo e 30% no direito. Os médicos dizem que o meu nervo auditivo foi danificado. O IC seria uma ferramenta para minha audição. Obrigada.

DIÉFANI PIOVEZAN:
Louise, tudo bem? Eu tenho amigos com casos iguais ao seu, que realizaram o IC e deu certo mas certeza só um médico poderia dar, além do IC, existe também o Implante de Tronco Encefálico para casos em que o nervo for atrofiado ou danificado de tal forma que o IC não teria resultados mas o ideal é visitar um Médico Especialista em Implantes Auditivos para saber. Eu acho que o IC seria indicado pra você, mas só acho.


Keila Correia

Parabéns pelo texto. Você conseguiu esclarecer muitas dúvidas.

DIÉFANI PIOVEZAN:
Keila, muito obrigada!!!!


Miguel Angelo Hyppolito

Parabéns Diefani, Estou à disposição se necessitar de auxílio técnico para algumas respostas. Assim, também coloco à disposição toda a equipe de Implante Coclear do HCRP-FMRP-USP. ATENCIOSAMENTE

DIÉFANI PIOVEZAN:
Dr Miguel, obrigada pela atenção, disponibilidade e carinho. Só tenho a agradecer a você e toda a equipe de IC do HCRP-FMRP-USP por tudo, não só tive um excelente apoio de vocês como fiz muitos amigos no processo. Abraços


JOSE HENRIQUE DA SILVA PEREURA

Diefani, a primeira vez que eu ouvir falar em ic no ano de 2013. A minha amiga falou que precisava fazer para voltar a ouvir. Eu disse que ia ajudá-la. Mas nem eu nem ela sabíamos nada sobre esta tecnologia. Vocë comentou que a tua familia e amigos desconheciam o ic. No caso da minha amiga, apesar de ela ser implantada sua familia não conhece nada sobre o implante. Por isso eu assumi um compromisso com esta amiga para ajudá-la. Ontem ela me ligou desesperada dizendo que tinha perdido uma bateria recarregável. Hoje pela manhã consegui comprar uma nova bateria com desconto de 40% porque esta no mês do aniversario desta amiga. Digo comprei, mas ela pagou eu apenas fiz a negociação. Ela economizou R$ 257,00


everton da silva nunes

rua:miguel mazoco nº339 urupes_sp tel:(17)98138-4933 ddata 02/05/1989 facebook-everton nunes Implante Coclear


MANDE O SEU COMENTÁRIO




*Todos os campos são obrigatórios