Voltar para home
"Um projeto onde médicos, fonoaudiólogos, professores, pessoas com dificuldade auditiva e familiares possam trocar informações sobre saúde auditiva."
EMAIL: contato@amigosdaaudicao.com.br
Fonoaudióloga Responde
fale com a fono
Coluna - Diéfani Piovezan

Uma emergência! E agora?

22/08/2016

Parafraseando o famoso Chapolin Colorado “calma, não criemos pânico”, não é preciso surtar com a possibilidade de estar em uma emergência e os médicos fazerem uma ressonância magnética em você ou usar bisturis elétricos.

Nem todo mundo anda com a carteirinha de implantado para baixo e para cima, eu mesma não ando. Para ser sincera, eu nem sei onde está a minha. Sei que está guardada em alguma pasta de documentos mas não sei onde está. Então o que fazer?

Existem no mercado vários tipos de pulseiras, braceletes e colares com identificação médica que podem ser usados por quem tem um implante coclear. Colares e pulseiras simples onde você pode mandar gravar informações e outros mais complexos que gravam os dados digitalmente em chips ou USB que estão acoplados.

Nessas pulseiras, pode-se colocar não somente informações sobre o implante coclear mas também outras informações como alergias, tipo sanguíneo, contato de emergência, medicamentos que toma. Aqui no Brasil as identificações médicas não são muito comuns, o mais normal é usar um cartão e carregar para baixo e para cima, mas lá fora é o método mais usado e com certeza é o mais seguro, até porque estará com o paciente o tempo todo.

Alguns braceletes vem com o combo de gravação escrita, gravação em chip e ainda um cartão onde você pode escrever o que precisa e colocar na carteira. É uma mão na roda, duradouro, fácil de usar e cheio de estilo.

Se você for um pouco mais corajoso e destemido, pode fazer como muitas pessoas e tatuar no pulso ou no tornozelo as suas informações médicas, no caso do IC “Implante Coclear, não realizar MRI ou usar bisturi elétrico”. Fica a dica.

 

Beijos a todos


0 COMENTÁRIO

MANDE O SEU COMENTÁRIO




*Todos os campos são obrigatórios