Voltar para home
"Um projeto onde médicos, fonoaudiólogos, professores, pessoas com dificuldade auditiva e familiares possam trocar informações sobre saúde auditiva."
EMAIL: contato@amigosdaaudicao.com.br
Fonoaudióloga Responde
fale com a fono
Coluna - Cris Bicudo

Tudo acontece por alguma razão

18/12/2014

Início de dezembro assisti a um filme que mexeu muito comigo. Era um sábado tranquilo, não tinha nada programado a noite. Portanto, sentei no meu sofá da maneira mais confortável e decidi procurar um filme no Netflix. Por intuição, a minha escolha caiu no filme “1000 to 1: The Cory Weissman Story (em português: Luta pela Vida). A história verídica narra um atleta de basquete universitário que teve um acidente vascular cerebral, uma alteração também conhecida popularmente como “derrame”, tendo o seu lado esquerdo do corpo paralisado e a sua luta para voltar a vida normal, inclusive a jogar basquete novamente.

O filme mexeu muito comigo (me arrancando várias lágrimas claro!!!), me identifiquei muito com a situação, pois após o derrame o garoto tenta resgatar sua vida antiga. No entanto, ao longo do percurso ele percebe que o “eu antigo” não era mais possível. E sim, ele aprende que deve-se ir atrás de um “novo eu”, só que para melhor.

Foi exatamente o que aconteceu comigo na época da faculdade, pois apesar de nascer com perda auditiva profunda, ter aprendido a falar e ouvir com aparelhos auditivos desde a infância, eu sofri uma reviravolta em minha vida na época da faculdade (Leia na matéria  O valor que dou ao pouquinho da audição que tenho). Nessa época, mesmo usando aparelhos auditivos, eu não conseguia ouvir nada! Foi um desespero. Após a fase do tratamento e de mudança de aparelhos auditivos analógicos para digitais, consegui recuperar a audição. No entanto, diante da dura realidade, descobri que nada voltaria a ser como era antes, como por exemplo, falar ao telefone, poder frequentar baladas sendo que na época a programação junto das minhas amigas nos fins de semana eram festas e baladas. E ainda por cima, tive que começar tudo de novo, como reaprender a ouvir com os novos aparelhos digitais, pois os sons eram completamente diferentes.

Tudo isso me fez pensar em outras situações como por exemplo, um adolescente ou adulto que nasceu “ouvinte” e por alguma razão perdeu a audição. Apesar da situação difícil, hoje em dia temos vários recursos, tais como: usar aparelhos auditivos ou fazer implante coclear (dependendo do caso). Além dos aparelhos, a tecnologia hoje oferece vários acessórios, como conectividade ou sistema FM que também ajudam muito no acesso às informações. No entanto, apesar de toda solução disponível, imagino o quanto deve ser difícil para essas pessoas se adaptarem e saberem que nada será como era antes. Porém acredito que sempre há um novo caminho, uma nova chance ou possibilidade. E, com certeza, sempre podemos fazer melhor do que antes.

Refletindo mais além dos fatos, acredito que essa história sirva para várias situações em nossas vidas, como quando sofremos um acidente, ou descobrimos que temos uma doença grave ou até mesmo quando sofremos uma grande decepção amorosa, a tendência é questionarmos “o por que” disso ou daquilo ter acontecido. Eu aprendi que o importante é aceitar a nova realidade, encarar como aprendizado, a se valorizar cada vez mais e, por fim, seguir em frente.

Assim como foi no meu caso, em fase de recuperação e adaptação após o susto, descobri que há um mundo de luz e de sons à minha espera e por alguma razão cheguei onde estou hoje. Sei que ainda terei muitas outras barreiras pela frente, porém nada é desculpa para deixar de acreditar em mim mesma. Sinto lá no fundo que ainda poderei fazer muita coisa e, principalmente, SER FELIZ, sempre agradecendo a oportunidade de estar aqui. Este é o recado que eu gostaria de deixar para vocês que compartilham, de alguma forma, dessas experiências.

Assim como acredito em coisas boas, desejo ajudar os outros e é por este motivo que em breve, além da coluna aqui, lançarei o meu novo site onde divulgarei meu livro e meus trabalhos. Aguardem em breve a novidade!!! 


2 COMENTÁRIOS

Wanda

lindo texto Cris, comoos outros nos faz pensar que a vida sempre e bela desde que saibamos ver a belesa em nossa volta bjs

CRIS BICUDO:
Com certeza Wanda, é bem isso mesmo: desde que saibamos ver e enxergar a beleza que está em nossa vida! Feliz 2015!!! Bjos


wanda

É difícil ler o codigo

CRIS BICUDO:
Vou ver isso, obrigada por me avisar!!! Um beijo grande, Cris


MANDE O SEU COMENTÁRIO




*Todos os campos são obrigatórios